Veículos 100% elétricos operam em rodovias administradas pelo Grupo EcoRodovias

Ecovias e Ecopistas são pioneiras em utilizar este tipo de tecnologia na inspeção de tráfego

Pensar em causas que contribuem para a preservação e o respeito ao meio ambiente é parte do DNA das empresas que fazem parte do Grupo EcoRodovias. Afinal, não é por acaso que elas carregam o prefixo “eco” em seus nomes. Reafirmando seus compromissos com o Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU), a Ecorodovias possui em sua frota de veículos de inspeção de tráfego, 05 carros 100% elétricos que atendem as concessionárias Ecovias, administradora do Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) e Ecopistas, responsável pelo Corredor Ayrton Senna-Carvalho Pinto.

A EcoRodovias, que administra outras cinco concessionárias de rodovias no Brasil — Ecovia, Ecocataratas, Ecosul, Eco101 e Ecoponte —,  é pioneira em utilizar esta tecnologia no País para apoiar no trabalho de inspeção de tráfego dos sistemas viários.

“Realizamos um estudo junto à área de Operação de Tráfego para verificar a viabilidade dessa nova tecnologia levando em consideração as necessidades operacionais para o atendimento em pista e os níveis de serviço exigidos pela Artesp”, explica o engenheiro da EcoRodovias, Igor Freitas Barros.

Com capacidade de carga de até 750 quilos e capacidade de volume de 3.300 litros, os veículos 100% elétricos não emitem gases poluentes ao meio ambiente e não contribuem com a poluição sonora, pois são 100% silenciosos, o que também é considerada uma das suas principais qualidades, já que são utilizados em rodovias com grande fluxo de veículos e, consequentemente, diferentes tipos e volume de sons.

“Os modelos também contam com câmbio automático, vidros e travas elétricas, bancos de couros entre outros itens com tecnologia de bordo que, além de segurança viária, proporciona conforto aos nossos funcionários que irão operar o veículo”, conta Barros.

Outro diferencial do veículo elétrico utilizado pelo Grupo EcoRodovias é a sua autonomia. Por não utilizar combustíveis tradicionais — gasolina, etanol ou diesel — e sim bateria recarregável a 380 Volts, duas horas de carregamento são suficientes para que o veículo percorra cerca de 250 quilômetros pelas rodovias. Para facilitar o processo de abastecimento, foram instalados 07 carregadores em pontos estratégicos do SAI e do Corredor Ayrton Senna-Carvalho Pinto.

Categoria: Release. Compartilhe: permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>